vantagens carreira em y

6 vantagens e desvantagens do Plano de Carreira em Y

Durante muito tempo o plano de carreira das empresas se manteve com a mesma lógica de crescimento. Se você alcançasse os marcos de evolução estipulados, tornaria-se um gestor.

Mas será que todos os profissionais realmente têm essa ambição?

Nem sempre!

Há pessoas que se identificam com aquilo que fazem, mas não almejam liderar equipes. Desejam seguir se especializando naquilo que de melhor sabem fazer e, mesmo assim, ascender na empresa.

É nesse contexto que entra o conceito plano de carreira em Y: para suprir as necessidades de todos os profissionais,  tanto especialistas, quanto líderes. 

Neste artigo saiba tudo sobre as vantagens e desvantagens da carreira em Y e aproveite para identificar quais são as suas ambições profissionais.

O que é um plano de carreira em Y?

como-funciona-carreira-em-y

A evolução do mercado e as novas gerações impulsionaram mudanças no desenvolvimento das carreiras.

Enquanto até os anos 80/90 o foco do crescimento era unicamente vertical, agora novos formatos abraçam aqueles profissionais que fogem do tradicional.

Um desses modelos é a carreira em Y, voltada para os colaboradores que desejam crescer na empresa e serem reconhecidos da mesma maneira que um gestor.

Reconhecidos porque, afinal, eles também buscam constantes especializações e contribuem para alcançar os resultados da companhia.

Vale lembrar que os profissionais que aderem à carreira em Y possuem um expressivo conhecimento teórico conquistado através de cursos, especializações, mestrados ou doutorados.

Ou seja: aliar teoria à prática é um de seus pontos fortes.

Veja também: 7 dicas para fazer o seu planejamento de carreira profissional

Justamente por isso, eles têm potencial de contribuir com a resolução de problemas complexos e sugerir modelos de inovação na empresa.

Mas e por que carreira em Y?

É porque o Y significa que o profissional pode seguir dois caminhos:

  • O cargo de gestão e administração;
  • Ou o cargo técnico.

3 vantagens da carreira em Y

vantagens-carreira-em-y

1) Retenção de talentos

É bem possível que você já tenha ouvido o jargão:

“Perde-se o grande técnico; ganha-se um péssimo gestor.”

A carreira em Y, portanto, vem para evitar esse tipo de situação.

Em vez de promover o especialista a algum cargo de gestão (e deixá-lo desconfortável nessa posição)  ou, pior ainda, perdê-lo para a concorrência, a empresa mantém o profissional engajado na sua área. 

E o que a companhia ganha com isso?

Otimização de processos, inovação e qualidade na execução de tarefas com alto grau de detalhamento.

2) Aumento na competitividade

Não é todo funcionário que se torna especialista. Esse nível exige anos de estudo e experiência e, justamente por esse know how, é que os trabalhos desempenhados por esses profissionais apresentam alto nível de excelência.

O resultado é não só o aumento da produtividade, como a colaboração para tornar a empresa mais competitiva.

3) Inovação na crise

Quem melhor saberá dar respostas assertivas e rápidas em meio a um episódio de crise do que aquele especialista ou o líder (satisfeito) que conhece todos os processos da empresa?

São nesses cenários que esses profissionais conseguem ter mais facilidade para oferecer uma ideia inovadora e aproveitam para compartilhar as lições aprendidas posteriormente.

Isso acontece porque o colaborador está plenamente engajado com a organização e tem capacidade de criar alternativas para a travessia desses obstáculos.

vestibular athon blog

Empresas que apresentam alta rotatividade de seus especialistas costumam ter dificuldade nesse quesito.

3 desvantagens da carreira em Y

desvantagens-carreira-em-y

São poucas as desvantagens de se investir no plano de carreira em Y. Todos eles, porém, podem ser contornados se o colaborador não for resistente a mudanças.

1) Lugar comum 

Um dos pontos sensíveis do plano de carreira em Y, afirmam os especialistas, é a permanência no lugar comum.

Ora, se o profissional não se permitir experimentar um cargo de gestão, como ter tanta certeza de que aquela colocação não é para ele?

Deixar de lado o lugar comum e abrir-se para o novo pode, sim, expandir os horizontes. Mas se mesmo após a tentativa o sentimento for de não pertencimento, não há problema algum em se especializar na sua função.

2) Falta de olhar multidisciplinar

Outro ponto de alerta é a falta de olhar multidisciplinar.

Como o profissional que opta pela carreira em Y vai olhar estritamente para o seu conhecimento técnico, é possível que perca a sensibilidade de observar o todo.

Por isso é tão importante manter um bom relacionamento com as outras áreas e entender a essência da empresa.

Ter uma visão sistêmica de como a empresa funciona faz toda a diferença na hora de buscar soluções criativas.

3) Resistência a mudar

Adaptabilidade é uma das habilidades que serão cada vez mais exigidas pelo profissional do futuro, conforme o Fórum Econômico Mundial.

Ao tornar-se um especialista, o profissional precisa cuidar para não ficar resistente às mudanças.

Lembre-se: o futuro do trabalho já é agora.

Vale investir na carreira em Y?

Como já comentamos, o investimento na carreira em Y vale a pena tanto para o profissional, quanto para a empresa.

Para o profissional dá a oportunidade de concentrar esforços em seus talentos e qualidades.

Saber que é possível ascender mesmo sem precisar chegar a um quadro de chefia dá a oportunidade de o colaborador aprimorar seus conhecimentos e habilidades naquilo que realmente gosta, conhece e sente prazer em fazer.

Autoestima profissional, portanto, é um ponto-chave do plano de carreira em Y.

Já para a empresa as vantagens são muitas.

Além de reter os talentos –  principal segredo para a alavanca dos resultados -, os gestores poderão visualizar funcionários mais realizados e satisfeitos com suas atribuições.

Essa alocação correta do capital humano influencia positivamente os indicadores de satisfação, motivação e produtividade corporativa.

Consolidando o engajamento

O plano de carreira em Y promete crescer justamente por aliar duas questões fundamentais para o crescimento das empresas: a satisfação do colaborador (sendo ele líder ou especialista) e a busca por resultados.

É nesse sentido que esse processo beneficia ambos os lados e serve para desconstruir padrões.

Nem todo mundo precisa buscar desenfreadamente a liderança, assim como as empresas também podem pensar em formatos inovadores para valorizar seus especialistas.

E você? Tem o desejo de gerir uma equipe e inspirar seus funcionários ou prefere investir em uma carreira voltada para o conhecimento técnico?

Reflita sobre as suas ambições profissionais e observe se, na sua empresa, a Carreira em Y já é uma realidade. Aproveite para entender aonde quer chegar profissionalmente. Estabelecer objetivos a médio e longo prazo ajuda você a focar nos resultados!

Veja também: Carreira em T: O que é, Vantagens e Como construí-la

Quer receber informações sobre inovação e mercado de trabalho?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.