perito contabil

Como ser um Perito Contábil? Guia Completo da Profissão (2021)

Você já pensou em ser Perito Contábil?

Dentro do universo das Ciências Contábeis, essa é, de longe, uma das profissões mais desafiadoras da área.

Afinal, para além do conhecimento técnico em contabilidade, esse profissional precisa ter um profundo senso de ética, logo que as decisões tomadas por ele impactam diretamente na culpabilização, ou inocência, de pessoas, empresas e setores inteiros.

Quer saber mais?

Neste guia, abordaremos tudo sobre essa profissão que demanda grande comprometimento, mas que também oferece excelentes remunerações.

O que faz um Perito Contábil?

O Perito Contábil tem como função analisar dados e documentos para gerar laudos utilizados como ferramentas de diagnóstico de situações contábeis.

Ainda, segundo a Norma Brasileira de Contabilidade, a Perícia Contábil é: “o conjunto de procedimentos técnicos, que tem por objetivo a emissão de laudo sobre questões contábeis, mediante exame, vistoria, indagação, investigação, arbitramento, avaliação ou certificado.”.

Sendo assim, esse profissional possui também uma grande missão ética, afinal, os laudos emitidos podem ser utilizados também como instrumentos jurídicos na formulação de provas em casos de fraudes e crimes financeiros.

Nesse sentido, é válido ressaltar também o poder desta função.

Ao julgar que os dados apresentados pelas partes são insuficientes, o Perito Contábil pode requisitar à justiça a apresentação de mais informações para uma análise criteriosa e precisa.

Ele, literalmente, tem a verdade em suas mãos.

É um profissional que encara, dia-a-dia, crimes como corrupção, lavagem de dinheiro, sonegação de impostos, improbidade administrativa, gestão fraudulenta, dentre tantos delitos que resultam na aquisição ilegal de valores monetários.

O exercício de sua profissão, por tanto, precisa ser impecável, logo que em casos assim, o laudo apresentado pelo Perito Contábil torna-se peça-chave na condenação ou absorção das partes envolvidas.

Porém, a atuação do Perito Contábil não se limita apenas a apresentação de laudos com fins judiciais, podendo também exercer sua função no setor privado e sem a solicitação de um juiz, como você verá a seguir.

Perito Contábil Judicial x Perito Contábil Extrajudicial

É importante ressaltar que, mesmo exercendo funções semelhantes e, por vezes, iguais, as função judicial e extrajudicial se distinguem pelo objetivo final. Veja:

Perito Contábil Judicial

Na perícia contábil judicial, o exercício da função do Perito Contábil se dá pela solicitação de um juiz em caso de litígio.

Ou seja, em casos de contestação de prova apresentada por uma das partes envolvidas no processo judicial e que não pode ser comprovada com as provas existentes até o presente momento.

Sendo assim, o Perito Contábil solicitado (que não pode ter envolvimento com a ação analisada, nem com as partes envolvidas) recebe os documentos e informações do caso com perguntas feitas pelo juiz que necessitam ser respondidas.

Por sua vez, esse profissional terá um prazo estipulado para realizar a análise destas informações, validar e, se necessário, coletar provas, realizando o trabalho de forma imparcial, sigilosa e com dados exatos.

Perito Contábil Extrajudicial

Assim como o nome sugere, trata-se da ação do Perito Contábil sem a intervenção ou solicitação da justiça para isso.

Nesse caso, o Perito Contábil atende a uma empresa, ou pessoa, que deseja ter uma situação financeira analisada, assim como na atuação judicial.

É válido ressaltar que o laudo apresentado por esse profissional, posteriormente, pode ser utilizado como prova em ações judiciais. 

Porém, se a ação não foi feita por intermédio da Justiça, não é considerada uma perícia contábil judicial.

Mas, não apenas de elaboração de provas que é feita a função extrajudicial do Perito Contábil.

É muito comum também a prestação deste serviço na análise de pagamento de rescisão por tempo de trabalho, partilha de bens, fusão de empresas, cálculos de indenização, entre outras necessidades.

 De forma prática, a perícia contábil extrajudicial pode ser dividida de três modos:

Arbitrária

Essa função é aplicada em casos de resolução de conflitos

O Perito Contábil é escolhido em comum acordo pelas as partes, que concordam também com a realização da perícia e, por sua vez, esse profissional é solicitado pelo árbitro no processo em questão.

Estatal

A perícia contábil de caráter estatal tem como solicitante o Estado, que se utiliza desta função em situações, como em Comissões Parlamentares de Inquérito (CPI), ou então em ações conduzidas pelo Ministério Público.

Voluntária

Esse modo de atuação é o que mais se aproxima do exemplificado no início deste tópico.

Ele se dá, em especial, de maneira independente, ao ser solicitado o serviço do Perito Contábil por uma empresa ou pessoa, analisando dados contábeis para diversos fins.

banner mid vestibular

5 características de um bom perito contábil

como ser um perito contábil

Já deu para perceber que a perícia contábil não é para qualquer um, não é mesmo?

Realmente é necessário ter um perfil de grande comprometimento para ter sucesso nessa profissão.

Por isso, listamos abaixo as principais características que um Perito Contábil necessita ter:

1. Estar sempre atualizado

Para uma análise minuciosa e completa dos trabalhos que chegam até este profissional, e pelas constantes atualizações da área, é necessário estar sempre em dia com as Normas Brasileiras de Contabilidade, bem como com a legislação relativa à profissão e à atividade exercida.

2. Ter uma grande responsabilidade ética e social

Afinal, como apresentamos anteriormente, o exercício das atividades geram laudos periciais contábeis que podem se tornar provas contra ou a favor de partes envolvidas na ação judicial.

É preciso ter ciência de que é uma profissão com muito poder, e que, por isso, precisa ser exercida com grande responsabilidade

3. Ser imparcial e independente

Como você pôde ver, lidar com situações como corrupção e desvio de dinheiro pode ser algo comum no dia-a-dia deste profissional, o que pode gerar, por vezes, uma grande revolta.

Porém, é preciso saber separar os sentimentos da tarefa a ser cumprida, sendo imparcial e entendendo que a missão é analisar dados e documentos e entregar um relatório sempre o mais honesto e justo possível.

4. Ser organizado e sagaz

Sim, por parecer um tanto quanto óbvio ser organizado em uma profissão com cunho tão intelectual, porém, essa organização não é apenas física, pois precisa estar no campo das ideias.

Estruturar um laudo requer uma excelente organização de ideias e estruturação de texto, que, por sua vez, necessita da sagacidade de não deixar de solicitar e passar em branco algum documento importante.

Sem essas duas características, facilmente o trabalho deste profissional pode ser questionado, algo extremamente ruim, visto que sua análise precisa sempre ser perfeita e exata.

Você pode se interessar: Qual é o Papel da Administração Financeira? + Áreas de Atuação

Qual é o salário de um perito contábil?

Um Perito Contábil ganha, em média, R$ 3.848,52, em uma jornada de trabalho de 42 horas semanais, segundo pesquisa realizada pelo site Salario.com.br, em conjunto com dados do Novo CAGED, eSocial e Empregador Web.

De acordo com a mesma pesquisa, a faixa salarial deste profissional é de R$ 3.075,00, e com teto de R$ 9.042,04.

São valores que representam a atuação em regime CLT, e que não levam em consideração benefícios, como bônus, ou horas extras, e nem a atuação no setor público, o que pode elevar, ainda mais, o salário deste profissional.

Por vezes, o ganho do Perito Contábil se dá pelos honorários prestados (geralmente bem altos), complexidade do caso assumido e custos envolvidos.

Por isso, aqui entra mais um motivo da necessidade de constante atualização deste profissional, logo que isso o tornará mais capacitado a assumir casos maiores que, por consequência, lhe renderão melhores remunerações.

Como ser um Perito Contábil?

A primeira coisa que você precisa saber é que a função de Perito Contábil só pode ser exercida, exclusivamente, por contadores.

Logo, o primeiro passo para atuar nesse cargo é ser graduado em Ciências Contábeis e estar habilitado legalmente para o exercício da profissão, por meio do registro ativo no Conselho Regional de Contabilidade (CRC) da jurisdição correspondente.

Outro passo fundamental é a aprovação no Exame de Qualificação Técnica Profissional, e ser certificado de habilitação profissional pelo Conselho Federal de Contabilidade (CFC), para, então, ingressar no Cadastro Nacional de Peritos Contábeis.

Além disso, o profissional precisa ser cadastrado no banco de dados do Conselho da Justiça Federal, através da Assistência Jurídica Gratuita (AJG), se mantendo, então, ao dispor da justiça.

É realmente um processo longo e burocrático, porém, tudo isso evidencia a seriedade do cargo e necessidade de completa idoneidade do profissional.

Quais são os maiores desafios e recompensas desta profissão?

Como você pôde ver, a perícia contábil exige um verdadeiro comprometimento do contador que busca seguir por essa área.

Ter ciência de que os resultados apresentados podem definir o futuro de muita gente, já é, por si só, um grande desafio da profissão.

Neste sentido, a responsabilidade do cargo é extremamente alta, e não deixar passar informações ou documentos despercebidos exige um trabalho enorme e meticuloso, carregado também de muita pressão, por diversas partes.

Por outro lado, nada é mais satisfatório do que saber que toda dedicação e esforço aplicado na construção de um documento contribuiu para fazer a justiça ser cumprida da forma correta.

É sempre válido lembrar que essa profissão é uma grande ferramenta social, pois contribui para esclarecimento, por exemplo, de abusos com o dinheiro público.

Com certeza é o exercício de um cargo desafiador, porém, quando bem exercido, extremamente compensatório.

Se identificou com a carreira de Perito Contábil?

Se sim, o primeiro passo você já sabe qual é e a Athon Ensino Superior pode te ajudar.

Matricule-se no vestibular ou agende um bate-papo com a gente e saiba mais sobre o curso de Ciências Contábeis.

E não deixe de conferir o artigo que preparamos sobre Planejamento de Carreira Profissional, afinal, planejamento e sucesso andam juntos.

Vale a pena conferir.

Quer receber informações sobre inovação e mercado de trabalho?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.
Ops! Captcha inválido, por favor verifique se o captcha está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.