como dar feedback para o seu gestor

Como dar feedback para o seu gestor: 8 dicas para ser construtivo e não gerar atrito

Nenhum gestor é perfeito e todos eles sabem (ou deveriam saber) disso. Diante das imperfeições, é essencial que eles busquem ouvir o que os seus colaboradores têm a dizer sobre sua performance.

Colaboradores são uma das melhores fontes para fornecer críticas construtivas para gestores, especialmente sobre assuntos que podem colaborar para o bem estar e desempenho de todo o time.

Neste artigo, veja 8 dicas de como dar feedback para o seu gestor sem causar atritos e entenda por que é importante tomar essa atitude. Acompanhe!

Por que dar feedback para o seu gestor?

A sua relação de trabalho com seu gestor é um grande indicativo de como você se sente em relação à sua rotina e à empresa como um todo.

Como em toda relação, manter uma linha aberta de comunicação é fundamental e deve ser sempre uma via de mão dupla.

Assim como o seu gestor tem certas expectativas com seu trabalho, é comum que seus subordinados tenham certas expectativas em relação a ele e, nesse sentido, o feedback é a ferramenta ideal para deixar claro o que está funcionando e o que não está.

Embora a maioria das empresas tenha um ocasião específica no ano para que todos possam dar o seu feedback, considere fazer isso em outras situações, sejam elas boas ou ruins.

Veja também: Feedback e Feedforward: Diferenças, Importância e Exemplos

Dar um feedback positivo para o seu gestor quando tudo está dentros dos conformes vai ajudá-lo a saber que você está gostando do jeito que ele faz as coisas e que gostaria que elas continuassem assim.

Críticas construtivas ajudam a construir relacionamentos mais fortes e podem favorecer você quando novas oportunidades surgirem.

Porém, saber como dar feedback para o seu gestor nos momentos ruins também é importante.

Afinal, ele não pode resolver problemas que sequer sabe que estão ocorrendo.

Por isso, destacar esses pontos para ele é fundamental – até mesmo no que diz respeito à relação profissional entre vocês dois.

Isso vai ajudar a aparar as arestas, melhorar a convivência e tirar problemas do seu caminho.

Como dar feedback para o seu gestor: 8 dicas

feedback-gestor-dicas-1

Antes de passarmos às dicas de como dar feedback para o seu gestor, fica o toque:

Sempre escreva o que você pretende dizer, mesmo que o retorno seja cara a cara.

Essa prática é fundamental para que você organize os pontos que deseja tratar na conversa, construa bem seus argumentos e não se perca na hora de conversar com seu líder.

Isso posto, as principais dicas de como dar feedback para o seu gestor são:

1) Entenda o perfil de liderança do seu gestor

Há gestores e gestores; cada um à sua maneira e com seu perfil de liderança.

Sendo assim, antes de elencar os pontos que deseja abordar com ele, procure entender sua forma de gerir e como ele pensa.

Geralmente, os líderes são divididos em quatros perfis distintos:

  • Analítico: ouve muito e argumenta pouco;
  • Diplomático: ouve muito e argumenta muito;
  • Expressivo: ouve pouco e argumenta muito;
  • Pragmático: ouve pouco e argumenta pouco.

Conseguiu identificar o seu gestor em um desses perfis?

Reflita bem e faça essa definição antes de partir para a próxima dica.

2) Comece falando como é trabalhar com ele

Para manter o tom profissional e facilitar o diálogo com seu gestor, comece a conversa contextualizando o assunto e dizendo como é trabalhar como ele.

Mas atenção: isso não quer dizer que você deve ser complacente, nem criticá-lo logo de cara. Seja breve e deixe os detalhes para depois.

3) Primeiro, os pontos positivos

Após a introdução, você já deu todo o contexto que seu gestor precisa saber. Agora, é hora de dar o seu feedback.

É recomendado sempre começar pelos pontos positivos.

Assim como colocamos no tópico anterior, isso não significa que você deve elogiá-lo sem necessidade, mas destacar os pontos fortes da sua atuação enquanto líder e gestor.

4) Então, diga o que você gostaria que ele melhorasse

Feito isso, é hora de apresentar os pontos que você acredita necessitarem de melhora.

vestibular athon blog

Veja bem:

Não se trata de criticar o seu gestor e falar o que você faria se estivesse no lugar dele nem de apontar erros e falhas.

Quando alguém pensa em como dar feedback para o gestor, é importante abordar sob o seu ponto de vista, de forma empática e buscar ser construtivo, indicando em que pontos um apoio maior do seu gestor poderia ajudar ambos a melhorar e ajudar a empresa.

5) Contenha as emoções e cuidado com o tom

Tão importante quanto saber o que dizer é saber como dizer.

A maneira como você introduz o assunto vai definir o tom de toda a conversa e pode marcar a diferença entre uma reunião produtiva ou completamente inútil.

Por isso, o segredo é:

Mantenha um tom profissional e cortês, e deixe suas emoções de fora da conversa.

Além disso, seja objetivo e trate especificamente do assunto que você deseja abordar. Uma conversa para dar feedback não é o momento de descarregar todas suas frustrações e ideias.

6) Dê exemplos de acontecimentos reais

Para evitar uma crítica vazia e construir um feedback bem argumentado, sempre apresente e se baseie em exemplos reais, com situações que aconteceram no dia a dia da empresa.

Busque exemplos específicos e jamais faça suposições.

De novo: seja claro e objetivo.

7) Ouça e não se intimide

Como comentamos, dar feedback não é uma via de mão única: é precisa falar e saber ouvir.

Por isso, após apresentar seus argumentos, pode ser que seu gestor queira trazer seu próprio ponto de vista.

Se isso acontecer, ouça ativamente.

Outra coisa para ter em mente é que, ao receber críticas, muitos gestores ficam na defensiva e podem querer rebater seus argumentos.

Caso isso aconteça, não se intimide e mantenha-se firme. Se foi ele que pediu o feedback, diga que você está fazendo o que lhe foi pedido. Se não, exponha a sua preocupação com o sucesso da equipe, frisando o gestor como peça-chave para que alcancem os objetivos.

8) Saiba a hora certa de abordá-lo

Dar um feedback para gestor tem hora e lugar.

Não é só dar umas batidinhas na porta e pedir para conversar. Nesse sentido, um dos pontos mais sensíveis é escolher o momento mais adequado para abordá-lo.

Quando o feedback não puder esperar, entre em contato com ele e peça para marcar uma conversa.

É importante não correr o risco de pegá-lo em um momento inoportuno ou quando ele não está no seu melhor dia. Isso pode jogar por água abaixo todo seu esforço.

Dê feedback para o seu gestor

dê-feedback-1

Embora todo time tenha uma hierarquia, é importante lembrar que todos, gestor e colaboradores, são uma equipe.

Como tal, é importante que trabalhem juntos para encontrar as melhores soluções e caminhar juntos em prol da empresa. E um feedback construtivo e bem argumentado tem esse poder.

Não se intimide ou “deixe pra lá” situações que você enxerga que podem estar afetando a sua performance ou da equipe.

Sinalizar as melhorias para o gestor é a única forma de ele realmente saber os impactos positivos e negativos de suas ações.

E lembre-se:

Estamos em 2020, ano em que gestores precisam aceitar feedbacks como forma de evolução.

Liderar uma equipe “às cegas” pode ser o primeiro passo para uma equipe desmotivada para alcançar os objetivos almejados.

E você? Conte pra gente como é a sua experiência de feedback com o seu gestor e quais ensinamentos você tirou até agora.

Fique à vontade também para expôr as suas dificuldades com esse momento. Será um prazer tentar ajudá-lo!

Quer receber informações sobre inovação e mercado de trabalho?

Cadastre-se para receber os nossos conteúdos por e-mail.

Email registrado com sucesso
Opa! E-mail inválido, verifique se o e-mail está correto.

Fale o que você pensa

O seu endereço de e-mail não será publicado.